pedra quente

 

por Ana Aranha

A pedra ainda guardava o calor do sol e era bom deitar nela para receber os primeiros ventos frescos da noite. Logo que pisamos na aldeia, o fotógrafo vidrou nas crianças que terminavam de almoçar uma cabeça de tartaruga. Não vi a cena, mas ele me contou como saboreavam com desenvoltura cada pedacinho de carne escondido no crânio, que depois viraria um brinquedo.

Borepe, a menina, era tratada com um cuidado especial: não podia entrar sozinha no rio. Uma falha de comunicação no pacto estabelecido com o jacaré, habitante da margem oposta – onde aguardava os restos de comida jogados na correnteza – poderia ser fatal.


Série numerada AHé

  • Série de 12 imagens de autoria de Marcelo Min

  • Fotografias realizadas em 2012 em viagem a Jaci Paraná (RO)

  • Curadoria: Marcello Vitorino (2017)
  • Impressão com pigmento mineral sobre papel 100% algodão Hahnemühle Photo Rag Baryta
  • Impressas no Espaço opHicina, em São Paulo
  • Tiragem: 2PA + 10 (para cada formato)
  • Formatos: 50 x 75 cm, 30 x 45 cm e 100 x 150 cm
  • Cópias assinadas e numeradas
  • Acompanham certificado de autenticidade

 


← voltar