Corações partidos

 

por Ana Aranha

Este corpo não é de uma profissional do sexo. Um ano depois de publicar essa foto, Min voltou ao salão para mostrar a matéria às mulheres, que ficaram bravas com o contexto em que suas imagens foram usadas na reportagem. “Aqui não é só puta”, uma delas disse.

Foi preciso uma segunda viagem para conseguir ver além da profissão dessas mulheres. Muitas se mudaram para Jaci para trabalhar nos “bregas”, é verdade. Mas não só. Os salões de beleza enfeitavam corpos que exalavam a liberdade da busca por aventuras, encontros, paixões. Um frenesi tomava Jaci pela noite. Algo no ar que parecia palpável e que fotógrafo e repórter tentavam captar. Pela manhã, contavam-se os corações partidos espalhados pela vila e nos ônibus rumo à obra.


Série numerada AHé

  • Série de 12 imagens de autoria de Marcelo Min

  • Fotografias realizadas em 2012 em viagem a Jaci Paraná (RO)

  • Curadoria: Marcello Vitorino (2017)
  • Impressão com pigmento mineral sobre papel 100% algodão Hahnemühle Photo Rag Baryta
  • Impressas no Espaço opHicina, em São Paulo
  • Tiragem: 2PA + 10 (para cada formato)
  • Formatos: 50 x 75 cm, 30 x 45 cm e 100 x 150 cm
  • Cópias assinadas e numeradas
  • Acompanham certificado de autenticidade

 


← voltar